Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.
ACEITO

Agbook

Administração Científica do Sistema de Saúde do Brasil

Prevenção 100%

Por: Lewton Burity Verri

Nenhum "Programa de Governo no Brasil" possuiu a SAÚDE como um dos seus itens mais relevantes, levantados com base no interesse da sociedade brasileira, e de sua regionalidade. Tais programas deveriam receber diversas propostas de atuação para o executivo federal, estadual e municipal convergirem esforços coordenados em benefício da prevenção de doenças e de seu tratamento eficaz.

Nesta obra temos um mosaico de idéias que poderá construir muitas soluções fenomenais, aos problemas brasileiros relacionados com a saúde pública e privada.

O grande desafio será o de dar sentido e coerência a este mosaico de idéias, em que diversos colaboradores, possam oferecer aos programas soluções específicas e eficazes.

Mas, entendemos que embora haja uma linha central de propostas programáticas, partindo das visões administrativas da saúde, e das comunidades afetadas, os estrategistas e os administradores ajudarão na concepção de um programa geral e holístico na administração executiva da saúde no Brasil.

Somos capazes de matar a pau vários enigmas e estabelecer os fatores de seu diagnóstico.

Hoje temos muitos comentários e artigos, livros e teses, de todos os colaboradores para a evolução da SAÚDE brasileira, mas que se pulverizam centenas de tópicos isolados e de diversos pensamentos, que não chegam a nos ajudar a montar o conjunto formal programático.

O certo é que temos que montar o conjunto das necessidades de toda a sociedade brasileira. Todos nós temos nossas "janelas de observação e espaços de necessidades". E "todo fenômeno depende do ponto de vista do observador".

Vamos focar, por exemplo, o Sistema de SAÚDE Brasileiro, para exemplificarmos um modo de "montarmos conjuntos"... Mas, poderia ser o da educação, ou o da segurança e etc.

Cremos que a proposição aproximada de uma solução deva levar em conta que o sistema de SAÚDE seja um conjunto de fases de um ciclo de "vida" do próprio sistema. Isto é, temos que analisar o "ciclo como um todo" (ou o próprio sistema).

Porém no Brasil é muito difícil o encaminhamento de idéias, já que todas as tendências são de defenestrar os proponentes, e que na maioria das vezes têm uma visão parcial do problema. E nem todos nós temos a visão de um todo. Coisa que nenhum especialista tem de sua especialidade. Muito menos governadores, ministros, prefeitos e secretários iluminados.

Os especialistas têm visões "mais aprofundadas", mas quase nunca possuem visões do todo, haja vista que os problemas brasileiros permanecem em evidência por muito tempo, migrando do "tamanho de uma lagartixa, passando por um jacaré e indo tornar-se um dragão".

Vivemos no Brasil com problemas "draconianos". E os políticos não possuem a capacidade para solucioná-los, uma vez que agora a "praga já tomou conta de toda a lavoura", pois foram protelando o combate para a solução, acreditando que os problemas se resolvessem sozinhos...

Então, outra evidência é que os políticos não solucionam os problemas brasileiros, porque estamos repletos deles na educação, na saúde, na segurança, na defesa nacional, no meio ambiente, nos esportes, na infraestrutura, na habitação, na economia, na produção e no desenvolvimento.

Em todos os problemas draconianos brasileiros teremos que dar "saltos equacionadores", ao invés de apenas alguns "retoques" de melhorias contínuas, com produtividade, economia e qualidade... Tudo está degradado e muito degenerado!

Como seria um procedimento mais científico, para resolvermos nossos problemas DRACONIANOS, principalmente os da SAÚDE no Brasil?

Encontre a resposta para esta e outras perguntas neste livro...

Impresso
R$ 47,08

Ebook (PDF)
R$ 22,60

Tema: Administração, Ciência, Medicina, Ciência Ambiental, Medicina Clínica, Medicina De Emergência Palavras-chave: administração, científica, controle, custos, da, de, planos, qualidade, redução, saúde, tqc, universalização

Características

Número de páginas: 125
Edição: 1(2014)
Formato: A4 210x297
Tipo de papel: Offset 75g

Livros com menos de 70 páginas são grampeados; livros com 70 ou mais páginas tem lombada quadrada; livros com 80 ou mais páginas tem texto na lombada.



Personalizar acabamento
Para comprar cópias com opções de acabamento diferentes entre si, é necessário adicionar uma versão de cada vez ao carrinho.

Comentários (0 comentários)

Deixe seu comentário:

Nome

Email (não será publicado na página)

Comentário

Fale com o autor

*Seu nome

*Seu email

*Mensagem


SEGURANÇA

Selo_norton

FORMAS DE PAGAMENTO

Boleto Bancário Itaú Transferência online Banco do Brasil Transferência online Bradesco Transferência online Itaú Cartão Visa Cartão MasterCard Cartão American Express Cartão Diners Cartão Hipercard
Todo o conteúdo dos livros é de exclusiva responsabilidade de seus autores, sem nenhum tipo de responsabilidade editorial da AgBook, responsável unicamente pela comercialização e entrega.