Agbook

FEVEREIRO

NA HISTÓRIA DO MUNDO

Por: ADEILSON NOGUEIRA

1751. O caixão e os restos de um fazendeiro foram enterrados em Stevenage, Inglaterra. Ele morreu em 1721, cedendo uma propriedade no valor de 400 libras por ano a seus dois irmãos, para ser desfrutado por eles durante 30 anos, quando expirou o tempo que ele esperava voltar à vida, quando a propriedade lhe seria entregue novamente. Para sua conveniência em seu reaparecimento, ele ordenou que seu caixão fosse colocado em uma viga no celeiro, com a chave fechada, para que ele pudesse se libertar. Quatro dias de tolerância sendo permitidos por sua ressurreição, para além do tempo especificado na vontade, e não em seguida, apresentando-se, seus ossos seriam expedidos para a terra e seus bens confiscados.

1792. Athanase Auger, um famoso linguista, morreu. Ele nasceu em Paris, 1734, e se tornou um clérigo. Seus estudos dos escritores gregos e romanos eram infatigáveis; o estudo de Cícero e da história romana ocupou os últimos trinta anos de sua vida. Suas traduções, etc., foram publicadas em 30 vols. A aprendizagem provou seu valor em seu caráter e vida.

1823. Juan Antonio Llorente morreu. Ele foi induzido por Bonaparte, que colocou em suas mãos os papéis da inquisição, a escrever uma história desse tribunal. Quando as fortunas dos Bonapartes declinaram, ele foi banido de seu país e viveu na França indigente, sustentando-se ensinando espanhol nos internatos; mas a universidade finalmente o proíbe desse meio de apoio. A raiva de seus inimigos foi elevada ao ponto mais alto pela publicação de seu Portraits Politiques des Papes, e o velho recebeu ordem no meio do inverno para deixar Paris em três dias e a França no menor tempo possível. Ele não foi autorizado a descansar um dia e morreu exausto, vítima das perseguições do século XIX, poucos dias após sua chegada a Madri.

O objetivo deste trabalho, como será visto, é reunir os grandes eventos de cada dia do mês, em todas as épocas, iniciando pelo mês de Fevereiro na medida em que suas datas possam ser determinadas, e organizá-los cronologicamente. Foi necessário observar a brevidade em sua compilação, a fim de reduzi-la dentro de uma bússola adequada. Portanto, os avisos dos homens mais eminentes costumam ser confinados a duas ou três linhas, enquanto indivíduos de menor nota recebem ocasionalmente mais atenção, devido à ausência de referências prontas a eles nos livros.

As datas estão de acordo, acredita-se, com as melhores autoridades. Foi tomado muito cuidado para fazê-lo, e nada foi inserido para o qual não havia pelo menos alguma autoridade. Ocasionalmente, os autores discordam em dias, meses e até anos, e foi necessário reconciliar, tanto quanto possível, essas discrepâncias.

Em alguns casos em que datas diferentes foram especificadas e foi impossível determinar a verdadeira, o artigo foi inserido em dias diferentes, com referências cruzadas. Quando datas foram tiradas de cálculos de tempo diferentes da era cristã, deve-se entender que o dia correspondente foi feito para estar em conformidade com a nossa própria época e, consequentemente, não se pode reivindicar uma precisão perfeita.

Impresso
R$ 51,39

Ebook (epub)
R$ 22,60

Tema: Medieval, Historiografia, Antigo, Geografia E Historia, Educação, Didáticos Palavras-chave: fevereiro, história, mundo

Características

Número de páginas: 179
Edição: 1(2020)
Formato: A4 210x297
Tipo de papel: Offset 75g

Livros com menos de 70 páginas são grampeados; livros com 70 ou mais páginas tem lombada quadrada; livros com 80 ou mais páginas tem texto na lombada.



Personalizar acabamento
Para comprar cópias com opções de acabamento diferentes entre si, é necessário adicionar uma versão de cada vez ao carrinho.

Comentários (0 comentários)

Deixe seu comentário:

Nome

Email (não será publicado na página)

Comentário

SEGURANÇA

Selo_norton

FORMAS DE PAGAMENTO

Boleto Bancário Itaú Transferência online Banco do Brasil Transferência online Bradesco Transferência online Itaú Cartão Visa Cartão MasterCard Cartão American Express Cartão Diners Cartão Hipercard
Todo o conteúdo dos livros é de exclusiva responsabilidade de seus autores, sem nenhum tipo de responsabilidade editorial da AgBook, responsável unicamente pela comercialização e entrega.