Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.
ACEITO

Agbook

Apoteótico: os maiores carnavais de todos os tempos - 1993

Esta página foi vista 107 vezes desde 02/05/2020

Por: Jorge Renato Ramos

“Explode, coração/Na maior felicidade/É lindo meu Salgueiro/Contagiando, sacudindo essa cidade”. Quem não conhece esses versos, que não sabe cantar, ao menos esse trecho de um dos maiores sambas-de-enredo da história? E você sabia que ele não era o samba da preferência da comunidade, da maioria do público que frequentava a quadra salgueirense? A balança pendia mais para o lado da composição de Sereno, até hoje lembrada em rodas de samba ou mesmo na memória de muita gente. Demá Chagas, Arizão, Bala, Celso Trindade e Guaracy acabaram levando a melhor na disputa, promovendo um verdadeiro sacode na final, antecipando o que aconteceria meses depois. Ano em que a Imperatriz começava a se reafirmar como favorita em qualquer desfile em que participasse, levada pelo talento de Rosa Magalhães. A Mocidade, de Renato Lage, era, provavelmente, a escola mais esperada de então. A Grande Rio tinha a lua como tema e a Estácio de Sá, como par, as duas com belíssimos sambas-de-enredo, sendo que o da escola de Caxias contava com dez compositores, em que até Dicró fazia parte, fruto da feliz fusão feita entre as duas composições finalistas. A Beija-Flor começava um novo caminho em sua trajetória, seguindo, após dezessete carnavais, a vida sem contar com a parceria mais vitoriosa da história, com o mago Joãozinho Trinta. A Unidos de Vila Isabel apresentaria uma obra-prima, mais uma, do gênio Martinho da Vila, que assinaria, sozinho, o samba da escola, o clássico “Gbala”. A maior polêmica do carnaval estava reservada para o enredo da Caprichosos de Pilares, que falava dos hábitos dos habitantes da Zona Norte, em especial um carro alegórico, que retratava um ladrão assaltando um turista. A escola de Pilares seria rebaixada, se não houvesse mais uma virada de mesa. Todas essas histórias são contadas, em detalhes, em um mais livro da coleção “Apoteótico: os maiores carnavais de todos os tempos – 1993”. Preparativos para os desfiles, enredos, disputas de samba, desfiles, tudo contado detalhadamente. A coleção Apoteótico é essencial para quem é apaixonado pelo universo das escolas de samba e deseja conhecer um pouco mais sobre a sua história, seus casos curiosos e personagens. Conheça a coleção Apoteótico clicando no link abaixo:

Selos de reconhecimento

Impresso
R$ 44,61

Ebook (epub)
R$ 19,37

Tema: Popular, Música, Artes e Entretenimento Palavras-chave: carnaval, de, escolas, salgueiro, samba

Características

Número de páginas: 254
Edição: 1(2020)
Formato: A5 148x210
ISBN: 979-86-427-5033-9
Coloração: Preto e branco
Acabamento: Brochura c/ orelha
Tipo de papel: Offset 75g

Livros com menos de 70 páginas são grampeados; livros com 70 ou mais páginas tem lombada quadrada; livros com 80 ou mais páginas tem texto na lombada.




Comentários (0 comentários)

Deixe seu comentário:

Nome

Email (não será publicado na página)

Comentário

SEGURANÇA

Selo_norton

FORMAS DE PAGAMENTO

Boleto Bancário Itaú Transferência online Banco do Brasil Transferência online Bradesco Transferência online Itaú Cartão Visa Cartão MasterCard Cartão American Express Cartão Diners Cartão Hipercard
Todo o conteúdo dos livros é de exclusiva responsabilidade de seus autores, sem nenhum tipo de responsabilidade editorial da AgBook, responsável unicamente pela comercialização e entrega.