Agbook

GUERRAS GREGAS

Por: ADEILSON NOGUEIRA

A guerra ocorreu ao longo da história da Grécia Antiga, a partir da Idade das Trevas grega . A "Idade das Trevas" grega chegou ao fim, pois um aumento significativo da população permitiu a restauração da cultura urbanizada, o que levou à ascensão das cidades-estados (polis). Esses desenvolvimentos deram início ao período da Grécia Arcaica (800-480 a.C.). Eles também restauraram a capacidade de guerra organizada entre essas polis (em oposição a ataques de pequena escala para adquirir gado e grãos, por exemplo). A natureza fragmentada da sociedade grega antiga parece ter tornado inevitável o conflito contínuo nessa escala maior.

Juntamente com a ascensão da cidade-estado, desenvolveu-se um novo estilo de guerra: a falange hoplita. Os hoplitas eram soldados de infantaria blindados, armados com lanças e escudos, e a falange era uma formação desses soldados com seus escudos presos juntos e lanças apontadas para a frente.

Com essa evolução na guerra, as batalhas parecem ter consistido principalmente no choque de falanges hoplitas das cidades-estado em conflito. Como os soldados eram cidadãos de outras ocupações, a guerra era limitada em distância, estação e escala. Nenhum dos lados podia pagar baixas pesadas ou campanhas sustentadas, então os conflitos parecem ter sido resolvidos por uma única batalha.

A escala e o escopo da guerra na Grécia Antiga mudaram drasticamente como resultado das Guerras Greco-Persas, que marcaram o início da Grécia Clássica (480-323 a.C.). Lutar contra os enormes exércitos do Império Aquemênida estava efetivamente além das capacidades de uma única cidade-estado. O eventual triunfo dos gregos foi alcançado por alianças de muitas cidades-estados, em uma escala nunca vista antes. A ascensão de Atenas e Esparta durante esse conflito levou diretamente à Guerra do Peloponeso, que viu a diversificação da guerra. A ênfase mudou para batalhas navais e estratégias de desgaste, como bloqueios e cercos. Após a derrota dos atenienses em 404 a.C., e a dissolução da Liga Deliana dominada pelos atenienses, a Grécia Antiga caiu sob a hegemonia espartana. Mas isso era instável, e o Império Persa patrocinou uma rebelião pelas potências combinadas de Atenas, Tebas, Corinto e Argos, resultando na Guerra de Corinto (395-387 a.C). A Pérsia mudou de lado, que encerrou a guerra, em troca das cidades de Ionia e da não interferência espartana na Ásia Menor. A hegemonia espartana duraria outros 16 anos, até que, na Batalha de Leuctra (371), os espartanos foram derrotados decisivamente pelo general Epaminondas de Thebas.

Os tebanos agiram com entusiasmo para estabelecer uma hegemonia própria sobre a Grécia. No entanto, Tebas carecia de mão de obra e recursos suficientes e ficou sobrecarregada. Após a morte de Epaminondas e a perda de mão-de-obra na Batalha de Mantinea, a hegemonia tebana cessou. As perdas nos dez anos da hegemonia tebana deixaram todas as cidades-estados gregas enfraquecidas e divididas. As cidades-estado do sul da Grécia eram muito fracas para resistir à ascensão do reino macedônio no norte. Com táticas revolucionárias, o rei Filipe II colocou a maior parte da Grécia sob seu domínio, abrindo caminho para a conquista do "mundo conhecido" por seu filho Alexandre, o Grande. A ascensão do Reino da Macedônia é geralmente considerada um sinal do início do período helenístico, e certamente marcou o fim da distinta batalha hoplita na Grécia antiga.

Impresso
R$ 79,54

Ebook (epub)
R$ 22,60

Tema: Grécia, Europa, Antigo, Geografia E Historia, Educação, Didáticos Palavras-chave: grécia, guerras, história

Características

Número de páginas: 531
Edição: 1(2020)
Formato: A4 210x297
Tipo de papel: Offset 75g

Livros com menos de 70 páginas são grampeados; livros com 70 ou mais páginas tem lombada quadrada; livros com 80 ou mais páginas tem texto na lombada.



Personalizar acabamento
Para comprar cópias com opções de acabamento diferentes entre si, é necessário adicionar uma versão de cada vez ao carrinho.

Comentários (0 comentários)

Deixe seu comentário:

Nome

Email (não será publicado na página)

Comentário

SEGURANÇA

Selo_norton

FORMAS DE PAGAMENTO

Boleto Bancário Itaú Transferência online Banco do Brasil Transferência online Bradesco Transferência online Itaú Cartão Visa Cartão MasterCard Cartão American Express Cartão Diners Cartão Hipercard
Todo o conteúdo dos livros é de exclusiva responsabilidade de seus autores, sem nenhum tipo de responsabilidade editorial da AgBook, responsável unicamente pela comercialização e entrega.