Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.
ACEITO

Agbook

O AMANTE DE ADRIANO

Por: ADEILSON NOGUEIRA

Sentimos a vida no colo de sonhos de beleza, vazia, enfadonha e inconsolavelmente deserta... Por que não se pode fugir da vida por todos os momentos e por que não podemos sempre fundir toda a vida em uma composição relaxante para nós mesmos como um sonho acariciado de beleza? Triste, triste é a vida para se pensar: se é bonita, é apenas um piscar de olhos; enquanto a vida, uma vida viciosa e sem cor, espreita ao redor de uma pessoa com intermináveis momentos de fome, e cada momento a encerra de vergonha. Triste e cruel é a maior parte da vida do homem, e o homem vive mais miseravelmente na maior parte de seus momentos...

Adriano ficou em Bitínia tempo suficiente para ter assumido uma residência em alguma grande mansão da cidade. A mesma atmosfera de calma digna e ordem prevaleceu lá como no palácio de Roma.

Há registro de um pedido de “cento e trinta meninos bonitos para o serviço nos corredores do palácio,” todos a serem comprados na Asia menor.

Quem foi Antínous? Qual foi sua origem, sua infância?

Três escritores antigos referem-se a ele como um escravo de Adriano. Mas dois destes três baseiam sua opinião no terceiro, Hegesippos, considerado de ligeira confiabilidade histórica.

A própria ausência de qualquer menção de sua família é prova de que ele era de origem muito humilde.

Ele foi visto entre os artistas da dança de guerra de Pirro com a qual a chegada do imperador romano era geralmente celebrada na Nicomedia, e para a qual os mais bonitos rapazes eram escolhidos; o fato teria sido mencionado, mas esses meninos eram selecionados de famílias aristocráticas.

Como então poderia um jovem de grande beleza e pouco social vir a ter contato com o imperador a menos que pelo atalho do mercado de escravos?

Não há declaração em qualquer lugar que indique que Antínous não era um escravo. Resta, no entanto, a sugestão no ideal do amor platônico de que “isto é ignóbil para o amo e um escravo.”

Esta ideia teria influenciado Adriano...

Impresso
R$ 40,28

Ebook (epub)
R$ 22,60

Tema: Realeza, Itália, Antigo, Jovens e Adolescentes, Geografia E Historia, Biografia Palavras-chave: histporia, império, relacionamento, romano

Características

Número de páginas: 30
Edição: 1(2020)
Formato: A4 210x297
Tipo de papel: Offset 75g

Livros com menos de 70 páginas são grampeados; livros com 70 ou mais páginas tem lombada quadrada; livros com 80 ou mais páginas tem texto na lombada.



Personalizar acabamento
Para comprar cópias com opções de acabamento diferentes entre si, é necessário adicionar uma versão de cada vez ao carrinho.

Comentários (0 comentários)

Deixe seu comentário:

Nome

Email (não será publicado na página)

Comentário

SEGURANÇA

Selo_norton

FORMAS DE PAGAMENTO

Boleto Bancário Itaú Transferência online Banco do Brasil Transferência online Bradesco Transferência online Itaú Cartão Visa Cartão MasterCard Cartão American Express Cartão Diners Cartão Hipercard
Todo o conteúdo dos livros é de exclusiva responsabilidade de seus autores, sem nenhum tipo de responsabilidade editorial da AgBook, responsável unicamente pela comercialização e entrega.