Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.
ACEITO

Agbook

O livro dos delírios

Por: Mayk Oliveira

Já há mais de uma década o observo trabalhando, e de antemão, à leitura da sua poesia, sou um privilegiado. Ver nascer a sua poesia é um fenômeno que além da satisfação alegre me causa aquele efeito típico de quando nos deparamos com uma grande realização literária. Posso considerá-lo um ourives da palavra e um dos melhores poetas das Alagoas, de tradição modernista. Mestre da fanopeia, ele constrói imagens de celebração da vida, e estas passeiam nos universos da memória, da experiência de vida, da fantasia desejante e do universo de palavras pacientemente escolhidas para certos efeitos no leitor. Eu digo que ele sabe o que quer. É um veterano da escrita poética estreando aqui. Isso pode ser contraditório, mas, no sertão as coisas acontecem de modo incomum, assim como neste chão nascem certos poetas que competências específicas, tais a este, que faz brotar flores sobre a folha branca, às vistas nuas do leitor sensibilizado e imaginativo. O mundo que Mayk Oliveira constrói para nós é um lugar entre a utopia, a apoteose e o cotidiano mágico. Quem enxergar bem por entre as páginas desta obra, logo descobrirá, por exemplo, na descrição formal de uma cena aparentemente familiar, um patamar acima, como uma ideia platônica realizada, um mundo ideal que deslancha e que é possível — porque de fato existe — tal aquele aspecto da realidade que percebemos de súbito, mas que nosso maior desejo não consegue cristalizar; somente nestas páginas isto se realiza. Em outras palavras, o poeta dos êxitos compõe um panorama de mundo, sobretudo sertanejo, em que sua leveza, elegância, encanto e até fina ironia permanecem ditas e visíveis através da lupa especial que o artista nos disponibiliza. Eu quero dizer que os seus recortes de mundo, suas cenas bucólicas, seus pequenos enredos, descrições e alusões quase impressionista são todas estas coisas que se desenrolam por aqui, todos os dias, embora a maioria das pessoas não as percebam. Eu poderia dizer que o poeta estaria fazendo um bom serviço ao trazer à tona estes aspectos diáfanos e mágicos que a vida cotidiana esconde, mas não. O poeta desvelador, deste mundo sensível e onírico, age como um ourives dando forma aos elementos do seu universo interior (a memória, a experiência de vida, a fantasia e as possibilidades das palavras postas em condições de poesia). São gestos de escrita afetuosos, quando o tema é a Natureza; quanto trata de relembrar de um amigo ido, o poeta nunca apela a uma saudade melancólica; aborda sua ausência com tintas de graciosidade e homenagem.

Selos de reconhecimento

Impresso
R$ 51,69

Ebook (PDF)
R$ 33,37

Tema: Artes, Drama, Ficção, Clássicos, Engraçado, Fantasia Palavras-chave: brasileira, literatura, mayk, oliveira, poesia

Características

Número de páginas: 45
Edição: 1(2021)
Formato: A5 148x210
ISBN: 978-65-874-2505-4
Coloração: Preto e branco
Tipo de papel: Polen

Livros com menos de 70 páginas são grampeados; livros com 70 ou mais páginas tem lombada quadrada; livros com 80 ou mais páginas tem texto na lombada.



Personalizar acabamento
Para comprar cópias com opções de acabamento diferentes entre si, é necessário adicionar uma versão de cada vez ao carrinho.

Comentários (0 comentários)

Deixe seu comentário:

Nome

Email (não será publicado na página)

Comentário

Fale com o autor

*Seu nome

*Seu email

*Mensagem


SEGURANÇA

Selo_norton

FORMAS DE PAGAMENTO

Boleto Bancário Itaú Transferência online Banco do Brasil Transferência online Bradesco Transferência online Itaú Cartão Visa Cartão MasterCard Cartão American Express Cartão Diners Cartão Hipercard
Todo o conteúdo dos livros é de exclusiva responsabilidade de seus autores, sem nenhum tipo de responsabilidade editorial da AgBook, responsável unicamente pela comercialização e entrega.